HP lança notebook “baratinho” pra concorrer com Chromebooks

A HP lançou um novo notebook, equipado com o processador Mullins da AMD, nesta sexta-feira (25). O Pavillion 10z é um dos primeiros dispositivo a conter a CPU e faz parte de uma nova linha de notebooks baratos com Windows criados para concorrer com os Chromebooks.

Notebook possui tela touchscreen e não vem com leitor de DVD (foto: Reprodução/ZDNet)

A CPU baratinha da AMD é comparada a Atom, da Intel, mas segundo a fabricante, o hardware dual-core E1 Micro–6200T com placa gráfica Radeon R2 tem melhores gráficos. O PC tem 2 GB de memória RAM, HD de 500 GB e uma tela touchscreen de 10,1 polegadas, com resolução de 1.366×768 pixels. O notebook tem 2,26 cm de espessura, pesa 0,9 kg e roda o sistema operacional Windows 8.1.

Além disso, o computador possui uma porta USB 3.0, uma USB 2.0, saída HDMI, Ethernet, saídas de áudio, alto-falantes estéreo e leitor de cartão SD. O aparelho não conta com qualquer drive de DVD incluso.

Diferente de outros chips da AMD, o Mullins vem com um botão turbo que permite aumentar a velocidade de clock em determinadas situações. Ele também tem a tecnologia Enduro, que melhora o desempenho da bateria, dando ao PC quatro horas de autonomia. O HP Pavillion 10z já está disponível para venda por US$ 249.99 (cerca de R$ 560) nos Estados Unidos.

Fonte: Techtudo

 

Positivo puxa para baixo preços dos notebooks híbridos

Microsoft e Intel, com Windows 8 e ultrabooks, forçaram as fabricantes de PCs a pensar em notebooks com formatos diferentes e telas sensíveis ao toque que viram para lá e para cá, mas eles costumam ser caros e custar alguns milhares de reais. A Positivo, mais conhecida por suas máquinas de baixo custo, resolveu entrar no mercado de híbridos com o Duo ZK3010, que pode ser encontrado por cerca de 1,2 mil reais.

O Duo ZK3010 é um notebook híbrido com um touchscreen capacitivo de 10,1 polegadas (1366×768 pixels) que vira para trás e suporta 10 pontos de toque. Vendo de longe, ele lembra um pouco o Lenovo Yoga 13, lançado no Brasil em 2012 por 8.999 reais, só que bem menos sofisticado e mais limitado: enquanto o poderoso da Lenovo gira totalmente para trás, fazendo o Yoga 13 virar um tablet gigante, o basicão da Positivo só gira 300º.

positivo-duo-zk3010-600x456positivo-duo-zk3010-2

E, como colocar uma tela sensível ao toque em um notebook ainda parece ser caro, a Positivo decidiu sacrificar o hardware para torná-lo barato. O processador é um econômico Intel Celeron N2806 dual-core de 1,6 GHz — esse chip é um Bay Trail, criado pela Intel para equipar PCs de entrada e tablets, e tem um TDP máximo de apenas 4,5 watts. Há apenas 2 GB de RAM, 500 GB de HD (nada de cache em memória flash) e GPU integrada da Intel.

De resto, tem porta Ethernet (100 Mb/s), uma USB 2.0, outra USB 3.0, saída HDMI, Wi-Fi 802.11n, Bluetooth 4.0, entrada e saída de áudio, leitor de cartões de memória e bateria de 28,86 Wh, que é de baixa capacidade, mas não deve ser muito exigida por causa do processador de baixo consumo. A máquina roda Windows 8.1, tem 21,7 mm de espessura e pesa 1 kg.

Quase dois anos depois do lançamento do Windows 8 e dos primeiros híbridos no Brasil, parece que os custos de produção ainda não baixaram o suficiente para alguma fabricante lançar um híbrido acessível com hardware melhor — o ZK3010 não é para mim e, provavelmente, não é para você — mas é bom saber que, pelo menos, os primeiros passos estão sendo dados.

Fonte: Tecnoblog

Movimento inverso: Microsoft pode priorizar desktops no Windows 9

A Microsoft pode voltar atrás e priorizar o visual desktop “clássico” na próxima versão do Windows 9.Internamente chamado de “Threshold”, o novo sistema operacional deve desativar a tela Iniciar nos computadores e notebooks com teclados e mouse. Outra possibilidade é que a atualização para a nova plataforma seja disponibilizada gratuitamente para os usuários do Windows 8, 8.1 e também 7.

Imagem

De volta ao desktop

Segundo um relatório divulgado pelo site ZDNet, a nova versão do Windows será capaz de trabalhar de diferentes formas nos dispositivos em que estiver instalado. Caso o usuário o utilize em um computador ou notebook convencional, o sistema desativará automaticamente a tela inicial da interface Modern (antiga Metro), dando prioridade ao menu clássico e aplicativos em janelas, como apresentado em abril.

O recurso, no entanto, não será obrigatório e o usuário poderá reativar a tela com as live tiles (blocos dinâmicos) caso desejar. A expectativa da Microsoft é corrigir dificuldades de usabilidade da atual versão em dispositivos com mouse e teclado e atrair novamente os usuários que preferiram continuar no Windows 7 mesmo após as diversas atualizações da versão 8.1.

Híbridos, tablets e telefones com características próprias

O Windows 9 (Threshold) deve ainda funcionar de forma híbrida em dispositivos “dois em um”, como o Surface Pro 3 e o Lenovo Yoga. Ao usar esses aparelhos como tablets através da tela touchscreen, o sistema dará foco à interface Modern com os blocos na tela Iniciar e os aplicativos em tela cheia. 

Ao conectar os aparelhos aos teclados destacáveis ou capas com touchpad e mouse, o Windows dará foco à interface desktop com o menu iniciar clássico e os programas em janelas individuais.

Já em tablets e em smartphones, o Windows 9 deverá priorizar a interface Modern, com os blocos dinâmicos atualizados em tempo real e aplicativos em tela cheia ou lado a lado, como na edição 8 e 8.1. 

Nesse caso, a Microsoft deixará a versão clássica de lado, dando destaque à interface mais amigável às telas sensíveis ao toque. O “Threshold Mobile” deve funcionar tanto com processadores ARM, comum em tablets e telefones, como na arquitetura Intel-Atom, presente na versão completa do sistema.

Atualização grátis

Outro ponto destacado pelo ZDNet, é que a Microsoft pode liberar o Windows 9 gratuitamente para as versões 8.1 e 7 com Service Pack 1, de forma semelhante ao que a Apple fez com o Mac OS X Mavericks e Yousemite. Assim, a companhia americana facilitaria a migração da maior parte dos usuários, que está no Windows 7, para a próxima versão do sistema operacional.

Disponibilidade

Ainda segundo relatos, Windows 9 “Threshold” deve ser disponibilizado na próxima primavera americana, outono aqui no Brasil, entre o fim de março e junho de 2015. Além disso, a expectativa é que o sistema, que ainda não tem nome definido, ganhe uma versão de testes pública a partir do fim de setembro deste ano.

Antes disso, a Microsoft lançará ainda o Update 2 do Windows 8.1. A atualização, que deve ser a última do atual sistema, não deve trazer de volta o menu Iniciar clássico e nem os programas em janelas individuais, conforme o esperado. As novidades devem se limitar a algumas mudanças visuais e pequenas melhorias no sistema.

Fonte: Techtudo

Ampliando horizonte com um monitor auxiliar USB

Um segundo monitor para notebooks pessoais e profissionais, portátil e de fácil uso.

download

Quem já teve a experiência de usar um computador com dois monitores logo percebe o grande ganho de produtividade que isso traz para o usuário. Habitualmente isso é feito com computadores de mesa. As tarefas podem ser divididas em monitores separados, ao gosto do usuário como, por exemplo, e-mail em uma tela e navegação Internet na outra ou um software de uso diário, produção de texto, um ERP… São infinitas possibilidades.

A AOC, tradicional fabricante de monitores e TVs (com sua marca própria e fabricante para várias outras marcas renomadas) trouxe para o Brasil uma versão portátil de monitor auxiliar que usa apenas e tão somente USB para conectá-lo ao computador ou notebook. O conceito deste produto é fantástico pois traz para a grande maioria das pessoas um recurso de certa forma ainda pouco explorado permitindo o aumento da área útil de trabalho. O monitor tem tela de 15.6 polegadas, é bastante leve (pouco mais de um quilo) e se conecta ao computador apenas por um único cabo USB (dados e energia).

Versatilidade

A possibilidade de pivotar o monitor auxiliar, ou seja, colocá-lo na vertical ou na horizontal é fator de grande destaque. Não apenas pelo reconhecimento por parte do Windows (vide tela abaixo), mas também pela forma “automática” de reconhecimento. Ao ser reposicionado o Windows percebe a mudança e transforma o monitor de 1366×768 em um monitor de 768×1366 e ajusta a exibição de acordo.

AOCUSB03

Usuários de notebook já têm saída para uma segunda tela (segundo conector VGA), assim quem precisar mesmo de muito espaço pode ter em sua mesa de trabalho seu monitor auxiliar que se soma à tela do computador. Alguns podem fazer uso do AOC USB como uma terceira tela!!! E na hora de sair notebook e monitor auxiliar USB cabem facilmente na mochila para levar a área de trabalho estendida para onde quer que se deseje!

Fonte: Itforum365

Transformer Book V da Asus pode ser usado como smartphone, notebook ou tablet

Os aparelhos híbridos, que se transformam em outros gadgets, já são comuns no mundo da tecnologia com dois ou até três dispositivos.  A Asus anunciou o Asus Transformer Book V, que se transforma em cinco aparelhos diferentes, rodando os sistemas operacionais Windows e Android.

Gadget tem 5 funções distintas

Transformer Book V da Asus

Ele é capaz de funcionar em até cinco formas diferentes. O notebook tem 4 GB de memória RAM e 128 GB de espaço para armazenamento interno, tela de 12,5 polegadas HD IPS e teclado Qwerty com touchpad. O usuário pode alternar entre Android e o Windows 8 instantaneamente por meio de um botão de hardware.

Basta destacar o teclado para o aparelho se transformar em um tablet que também roda os dois sistemas operacionais e possui as mesmas especificações técnicas.

Google Play. A dobradinha entre Android 4.4 KitKat e Windows 8, por sua vez, deve fazer com que os usuários tenham acesso a todos os aplicativos da Google Play, sem abrir mão dos programas para Windows.

Já o smartphone é equipado apenas com Android. Localizado em um encaixe na parte de trás do dispositivo, o aparelho de 11 milímetros de espessura tem tela de 5 polegadas e conta com processador Atom quad-core com 2 GB de RAM e 64 GB de memória interna.

Flash

Dobradinha. Windows e Android já estiveram juntos no Ativ Q da Samsung, de 2013, mas nunca chegou às lojas…

 

Fonte: Baboo

 

Asus e Sharp anunciam notebooks com telas 4k e 8k

O mercado de notebooks, diferente dos smartphones, não tem visto muita inovação em relação a telas. Até pouco tempo, as empresas seguiam tranquilas na resoluções Full HD, com a tela Retina do MacBook Pro sendo um dos poucos a disparar, com 2880×1800. Agora, isso pode mudar, com Asus e Sharp lançando aparelhos com resoluções ainda maiores.

Imagem

A taiwanesa Asus anunciou para o final do ano o modelo Zenbook NX500, que contará com uma tela de 15,6 polegadas e 3840×2160 pixels (8,2 megapixels, também conhecida como 4K).

A japonesa Sharp foi um passo além e demonstrou, na conferência SID, uma tela de 13,3 polegadas com 7680×4320 pixels (33,1 megapixels, um nome que poderia se chamar de 8k). Esta tela, no entanto, não está a venda e foi criada apenas como protótipo, provando que é possível criar altíssimas resoluções em telas pequenas.

Um problema disso, no entanto, é que para altas resoluções, são necessárias grandes placas de vídeo. O Zenbook NX500 da Asus será equipado com uma GeForce GTX 850m, para conseguir lidar com sua resolução 4K. Seria necessária uma placa 4 vezes mais poderosa para lidar com o display da Sharp com o mesmo desempenho.

Não há dada de lançamento, nem preço para o notebook da Asus no Brasil. O Macbook Pro de 15,4 polegadas está disponível por a partir de R$ 10 mil.

Fonte: Olhar Digital

Projeto de carregador ultrarrápido carrega celular em 30 segundos

O grande e talvez maior problema enfrentado pelos usuários de smartphones é o alto consumo de bateria. Mas, se depender da StoreDot, este impasse se resolverá rapidamente com o carregador que chega a 100% de bateria em apenas 30 segundos. A empresa apresentou a inovação recentemente no evento Think Next, promovido pela Microsoft.

Imagem

De acordo com a StoreDot, que nasceu no departamento de nanotecnologia da Universidade de Tel Aviv, a versão comercial deve chegar ao mercado até o final de 2016 e deverá custar duas vezes mais que os carregadores atuais, cerca de US$ 30 (quase R$ 70 em conversão direta). A mesma tecnologia pode, inclusive, fornecer carga completa de notebooks em torno de cinco minutos.

A start-up demonstrou o teste com um Samsung Galaxy S3, mas garante que fará versões para as principais marcas do mercado, inclusive para o iPhone. Confira o vídeo!

Fonte: Techtudo

 

 

Um cabo para tudo… ou tudo sem nenhum cabo!

Um cabo para tudo…

Computex_DisplayPort-580px

Durante a Computex 2014 a Video Eletronics Standards Association (VESA) anunciou o DockPort, o sucessor do atual padrão DisplayPort para conexão de monitores a PCs. Se o nome não deixou claro, o DockPort irá complementar os recursos de transmissão de vídeo do DisplayPort com a capacidade de transferir energia e dados via USB, o que significa que três cabos poderão ser substituídos por um único “super cabo”.

… ou tudo sem nenhum cabo

Computex_AIO-580px

Mas se você realmente quer pensar além, siga a Intel: ela quer que seu próximo PC não tenha fio nenhum. Durante a Computex Kirk Skaugen, executivo da empresa, demonstrou novas tecnologias para recarga, acomplamento, transmissão de vídeo e de dados sem fios nas quais a empresa está trabalhando em conjunto com uma ampla gama de parceiros na indústria. A Skylake, geração de processadores que chegará ao mercado depois da Broadwell, terá suporte total a várias tecnologias – como WiGig e recarga sem fios no padrão da A4WP – projetadas para transformar este sonho em realidade em 2016.

 

Fonte: PCWorld

Novidades Apple – iOS 8 deve ser apresentado nesta segunda (02/06/14)

Conferência para desenvolvedores da Apple começa às 14h em San Francisco (EUA). Apple pode anunciar versões mais baratas do iPhone 5S e do iMac, de acordo com informações do site especializado AppleInsider.

Nesta segunda-feira (02) a Apple inicia seu encontro anual para desenvolvedores, o WWDC. Espera-se que, como ocorreu em edições anteriores, a Apple mostre a nova versão do sistema operacional de iPhones, iPads e iPods Touch, o iOS 8. Veja a seguir as prováveis novidades do novo sistema e outros possíveis anúncios do evento.

O iOS 8 não deve trazer tantas novidades quanto o iOS 7, que trouxe um visual completamente novo. As inovações devem ser pontuais e focadas em usos específicos dos aparelhos da Apple.

iPhone 5s ganha novo sistema nesta segunda-feira

Uma das prováveis novidades seria o Healthbook, aplicativo que reuniria informações de saúde, como pressão sanguínea, batimentos cardíacos, contagem de passos e outros dados.

Para isso, o aplicativo deve interagir com pulseiras inteligentes, como a Fitbit, ou relógios. Há rumores de que a Apple estaria trabalhando em um relógio inteligente, mas ele não deve ser apresentado neste evento.

Outra novidade do iOS 8 estaria na área de automação residencial. Espera-se que a Apple anuncie um programa de compatibilidade para o iPhone. Na prática, isso quer dizer que fabricantes de lâmpadas, travas eletrônicas e outros produtos poderiam criar artigos oficialmente compatíveis com o iPhone, incluindo um selo “Made for iPhone”.

Atualmente, alguns produtos, como o termostato Nest e a lâmpada Philips Hue, já podem ser controlados pelo iPhone. Mas o anúncio de uma iniciativa formal da própria Apple pode aumentar muito a variedade desse tipo de produto.

Outros aplicativos que podem aparecer no iOS 8 são o editor de textos TextEdit e o iTunes Radio, que ganharia um app próprio e seria separado do app do iTunes. Assim, o iTunes Radio poderia competir mais diretamente com serviços de streaming como Spotify. Entretanto, com a recente aquisição da Beats, a Apple pode optar por promover o Beats Music.

O assistente digital Siri deve ganhar um novo recurso, segundo a Bloomberg. Espera-se que uma nova versão do Siri possa reconhecer músicas do ambiente. O recurso chegaria graças a uma parceria com o Shazam, que já oferece essa ferramenta em seu app há alguns anos.

O lançamento do aplicativo de mapas da Apple, em 2012, foi um fracasso. Mas a empresa vem aprimorando o serviço nos últimos anos. Segundo o 9to5Mac, o Apple Maps pode ganhar informações de trânsito de algumas cidades, além de melhorias na precisão de mapas e localização de estabelecimentos comerciais.

Mac OS 10.10

Espera-se que a nova versão do OS X, sistema usado em computadores e notebooks da Apple, tenha seu visual completamente remodelado. O funcionamento do sistema deve continuar o mesmo, mas o novo Mac OS 10.10 ficaria mais parecido com o iOS, do iPhone, de acordo com o 9to5Mac.

Apple TV

Há rumores de um novo hardware, que poderia ser um smart watch, uma nova Apple TV – aparelho que reproduz vídeos dos dispositivos móveis para uma Smart TV.

Mac

Há rumores de que a Apple poderia anunciar um novo Macbook Air com tela do padrão Retina. Essa tela de altíssima resolução já está disponível nos notebooks da linha Macbook Pro e é razoável supor que em algum momento chegaria também ao Macbook Air. É possível também que a Apple faça alguns anúncios mais específicos, como atualizações de configuração e preço.

iPhones e iPads

Em relação ao iPhone 5S, o analista afirma que a economia viria de uma diminuição do estoque do modelo e o lançamento de uma versão com menos espaço de armazenamento, de 8GB. Atualmente, a Apple vende o smartphone com as opções de 16 GB, 32 GB e 64 GB.

Fonte: http://www.midianews.com.br/ Correio do Estado

 

 

ALERTA: WhatsApp no PC é usado como isca pelos cyber criminosos

Muitos usuários desejam que um aplicativo móvel do seu smartphone também possa rodar no computador. O WhatsApp é um deles e é por isso que criminosos cibernéticos estão colocando em prática uma nova tentativa de ataque aos usuários de computador: eles estão oferecendo por e-mail a oportunidade de instalação do aplicativo para mensagens rápidas com o argumento de facilitar a vida das pessoas, que podem usar o app para conversar com os amigos a partir da Internet, reduzindo os gastos com ligações telefônicas.

Imagem
Além disso, o WhatsApp no computador oferece a facilidade de utilizar o mensageiro com o confortável teclado do notebook ou desktop, o que tem atiçado a curiosidade dos internautas. E é na carona da moda que os cyber criminosos embarcam.

Existe, realmente, a possibilidade de instalação do aplicativo no PC, com uns macetes para “enganar” o sistema operacional, uma vez que o WhatsApp foi desenvolvido para Android ou iOS, e você pode conferir como instalá-lo clicando aqui. Porém, a tática dos cyber criminosos ainda gira entorno do envio de e-mails, passando-se pela administradora do aplicativo e oferecendo a ferramenta para instalação no PC, com opção de download. Porém, este link é infectado, e “abrirá portas” para ameaças em seu computador. 

O objetivo dos cyber criminosos é roubar dados pessoais e bancários dos internautas. Estar protegido com um software antivírus evita cair nestas armadilhas, pois o antivírus verifica emails suspeitos e bloqueia possíveis ataques, esclarece Marco Rodrigues, da Štíty Tecnologia, empresa que distribui as soluções antivírus AVAST! no Brasil.

O executivo reforça a dica de que o internauta não clique em e-mails suspeitos. Em casos como este, vale fazer uma busca na web sobre a nova oferta do app para desktops, pois uma informação como esta, da forma como é apresentada pelos criminosos, como projeto piloto, certamente estaria em todas as mídias, ressalta Rodrigues.

Fonte: http://www.ultimoinstante.com.br/