Tecnologia a favor da ciência: Pesquisadores desenvolvem tela de tablet que corrige problema de visão

prototipo_tela_624x351_mit

Engenheiros desenvolveram um protótipo de tela de tablet que corrige problemas de visão.

O sistema utiliza um software para alterar a luz a partir de cada pixel da tela, com base no grau de óculos da pessoa.

Os pesquisadores também adicionaram um pequeno filtro pinhole, como o de uma câmara escura, para melhorar a nitidez da imagem.

A pesquisa será apresentada na conferência internacional de computação gráfica SIGGRAPH, em Vancouver, em agosto.

A equipe diz que a tecnologia poderia ajudar milhões de pessoas que precisam de lentes corretivas para usar seus dispositivos digitais.

Cerca de uma em cada três pessoas no Reino Unido sofre de miopia. Nos EUA são cerca de 40%, enquanto na Ásia mais de metade da população tem problemas de visão.

Nos últimos anos, vários projetos tentaram usar telas de computador para corrigir dificuldades de vista.

Os autores deste último estudo dizem que seu protótipo oferece “significativamente maior contraste e resolução se comparado com soluções anteriores.”

Siga a luz

A equipe da Universidade da Califórnia, em Berkeley, e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) desenvolveu um algoritmo que leva em conta o problema específico do usuário para ajustar a intensidade de cada ponto de luz emanado de cada pixel em uma imagem.

O protótipo usou um iPod com um filtro pinhole preso à tela. Para ver as imagens, os pesquisadores usaram uma câmera reflex monobjetiva digital (DSLR) que foi programada para simular uma pessoa com hipermetropia.

tela_oculos_624x351_mit

As imagens alteradas do iPod apareceram nítidas e claras para a câmera, mostrando que o protótipo foi eficaz em corrigir este problema de vista.

“A importância deste projeto é que, em vez de depender de ótica para corrigir sua visão, usamos a computação”, disse o principal autor da pesquisa, Fu-Chung Huang. “Esta é uma classe muito diferente de correção e é não intrusiva.”

A equipe de pesquisadores acredita que sua ideia, quando aperfeiçoada, poderá beneficiar pessoas que sofrem de problemas de visão mais difíceis de tratar.

“Nós agora vivemos em um mundo onde as telas são onipresentes”, disse o coordenador do projeto na Universidade da Califórnia, professor Brian Barsky.

“As pessoas com problemas graves têm, muitas vezes, irregularidades na forma da córnea, e esta forma irregular dificulta que elas usem lentes de contato”, ele afirmou.

“Em alguns casos, isso pode ser um impedimento para que exerçam alguns trabalhos, porque muitos trabalhadores precisam olhar para uma tela como parte de seu trabalho. Esta pesquisa poderia transformar suas vidas.”

Embora a pesquisa esteja em estágio inicial, os engenheiros por trás do projeto acreditam que a tecnologia tenha um grande potencial na área de correções visuais.

Eles vislumbram telas que possam ser vistas ao mesmo tempo, com nitidez, por múltiplos usuários com diferentes problemas de visão.

“No longo prazo, nós acreditamos que telas flexíveis permitam múltiplos usos: imagem de exibição 3D sem vidro, tela com imagem 2D corrigida, e além.”

Fonte: http://www.bbc.co.uk/portuguese/

Como ajustar a resolução correta para a tela notebook

Muitos usuários passam por problemas com relação a resolução da tela do notebook. Com o grande número de resoluções existentes, dúvidas sobre qual a resolução adequada para cada tela são comuns e, por isso, resolvemos dar uma força para que você possa utilizar a resolução correta, provendo conforto e desempenho na utilização de seu notebook. Vamos lá:

O primeiro ponto importante para se definir a resolução correta é o driver da placa de vídeo de seu notebook estar atualizado para a última versão disponível.  Mas como saber se o driver instalado é ou não o mais atual? Muito simples. Siga os passos a seguir:

Clique no menu iniciar > clique com o botão direito sobre o ícone Meu computador ( ou apenas computador) e vá ate Gerenciar > No canto esquerdo localize o gerenciador de dispositivo > Clique sobre adaptadores de vídeo e veja o nome da placa e o fabricante, conforme imagem abaixo:

modelo-placa-de-videoAgora você tem duas opções: a primeira é tentar fazer com que o próprio WIndows localize e verifique se o driver da placa de vídeo é o mais atual. Para isso clique com o botão direito sobre a placa de vídeo e selecione atualizar driver. 

atualizar-driverA segunda opção é acessar o site do fabricante, e procurar o driver da placa pelo modelo indicado, baixar e instalá-lo. 

Uma vez o driver estando atualizado, reinicie o seu computador para que a atualização seja finalizada corretamente. Caso o driver estivesse já com a ultima versão, não é necessário reiniciar. 

Agora basta, na área de trabalho clicar com o botão direito do mouse e selecionar Resolução de tela. 

resolucao-recomendavel

Normalmente, a resolução recomendável aparece indicada pelo próprio Windows ( como na imagem). Basta selecioná-la e, pronto! Sua tela notebook estará dentro dos padrões recomendados. 

Abaixo segue uma tabela das resoluções disponíveis no mercado.

Resoluções disponíveis

Olhando para o futuro!

Dizer que a tecnologia evolui a uma velocidade estonteante hoje em dia é chover no molhado. A cada dia nos surpreendemos mais e mais com as maravilhas que a ciência nos proporciona. Se olharmos para trás, nos últimos 10, 15 anos, existe uma infinidade de novos aparelhos que transformaram nosso cotidiano. Smartphones, GPS, netbooks, MP3 players, tablets, leitores de livro digitais, flash drives e dispositivos de armazenamento com capacidade extremas entre outros tantos (vc já parou pra pensar que costumávamos gravar dados em cds ou dvds com poucos Mb de capacidade até poucos anos atrás?).

Mas e os próximos 10 anos?  O que nos aguarda? tela flexivel Especulações são comuns e variadas. Smartphones do tamanho e expessura de um cartão de crédito, baterias com duração de semanas, roupas inteligentes… as possibilidades são infindáveis.  Mas o futuro não está tão distante assim. Um avanço tecnológico muito comentado, é relacionado as telas e displays dos dispositivos. Fala-se em telas cada vez mais finas, com definições cada vez maiores ( as telas de 4 e 8 k já são realidade comercial) e também a possibilidade de telas “enroláveis ou dobráveis”. A ideia de displays verdadeiramente flexíveis nunca fica chata, e agora a LG criou a sua maior tela flexível: um painel OLED de 18 polegadas que se curva até virar um tubo com 3 cm de diâmetro. Ele tem resolução de 1200 x 810 pixels, o suficiente para nos fazer sonhar com tablets enroláveis​​ e dobráveis em breve. A previsão de comercialização de dispositivos com displays dobráveis é para 2016. Porém a Samgung promete antecipar com lançamentos já em 2015. Confira abaixo uma demonstração da tela de 18 polegadas da LG. Agora nos resta aguardar mais um pouco para desfrutar dessas novidades.

A ELGScreen vale ouro!

A ELGSCREEN vale ouro!!! Agradecemos aos nosso clientes que, através de seus feedbacks em nossa pesquisa de satisfação , nos elevaram a condição de única loja ouro da categoria no site de avaliações de mercado eletrônico Ebit .

ELGScreen ouro no Ebit

Clique na imagem para ver nossas avaliações


Contamos com seu feedback a cada compra efetuada, certos de que, muito em breve, alcançaremos um novo patamar, garantindo cada vez mais a excelência de nossos produtos e serviços.

Obrigado mais uma vez em nome de toda equipe ELGScreen!!!

Qual o tamanho de tela de notebook ideal para suas necessidades?

O que é prioridade no seu dia a dia com relação a notebooks?  Mobilidade? Autonomia da bateria? Entretenimento de alta qualidade?  Desempenho?

Hoje em dia a variedade de configurações, características e tamanhos são inúmeras, por isso, resolvemos reunir algumas informações que facilitarão a sua escolha na hora de adquirir seu próximo notebook.

Podemos dividir os notebooks em 3 categorias com relação as suas dimensões: pequena, média e grande. Os notebooks considerados pequenos tem telas de até 13 polegadas e são indicados para quem não os utiliza por muito tempo durante o dia e que necessitam de grande possibilidade de mobilidade. Já os de tamanho médio, variam entre 14 e 15 polegadas e possuem ótimo custo/benefício para quem os utiliza no trabalho ou estudos  (mais comuns no mercado, com maior variedade de marcas e configurações). Os notebooks grandes possuem telas de 16 polegadas para cima e são utilizados com mais freqüência para entretenimento ( filmes, jogos, etc.).

comparação tamanhos

Porém devemos levar em consideração também outros aspectos na hora de efetuar a compra: 

Autonomia da bateria

O tamanho da tela esta diretamente ligada ao desempenho da bateria. A tela do notebook é um dos itens que mais consomem energia no notebook, portanto quanto maior for a tela, mais energia ela exige, consequentemente diminuindo a autonomia da bateria. Para usuários que costumam ficar muito tempo afastados de fontes de energia, o ideal é dar preferência por notebooks com telas de até 13 polegadas, os quais consomem menos energia. 

Mobilidade

O peso dos notebooks também é influenciado pela dimensão da tela. Quanto maior a tela do notebook, mais pesado ele será. Para os casos em que o notebook é utilizado em diversos locais durante o dia, uma tela menor (até 14.1″) pode ser mais prática, além de permitir um tempo de uso maior por conta da autonomia da bateria como informamos anteriormente. 

Desempenho

O tamanho da tela não necessariamente influencia no desempenho do notebook. Existem alguns notebook com telas pequenas ( entre 8.9 e 13.3 polegadas) com excelente configuração. Porém os notebooks com telas maiores tendem a possuir uma configuração mais elevada. Esses notebooks ( acima de 15.6″) podem tranquilamente substituir um PC/Desktop em sua casa ou trabalho como computador principal, com a vantagem de, apesar de mais desconfortáveis para carregar, possibilitar levá-los a qualquer outro local com mais tranquilidade do que um PC propriamente dito. 

Tela auxiliar

Para os usuários que, apesar de exigirem mobilidade, precisam de uma tela grande, a opção de um notebook com tela de até 13 polegadas associado a um monitor auxiliar portátil pode ser uma boa saída. 

tela notebook auxiliar

 

 

Pixel com defeito na tela. Tem solução?

Com a grande disseminação nas telas de LCD, seja para notebooks, computadores ou até mesmo televisores, passou a ser comum ouvirmos alguns termos que anteriormente não faziam parte do nosso cotidiano.

Um desses termos é o pixel morto, ou pixel queimado.  Sabe aquele pontinho na tela, que aparece numa cor diferente do que deveria ser, ou então só como um pontinho preto? Ai está o tal pixel queimado ou morto. Mas, o que é exatamente um pixel? Para saber mais a respeito veja o nosso FAQ.

pixel

 

Agora que você já sabe exatamente o que é um pixel,  saiba diferenciar um pixel morto de um pixel emperrado.

Neste caso é muito simples de diferenciá-los. O pixel emperrado é exibido sempre em uma única cor: verde, vermelho ou azul. Já o pixel morto é exibido apenas na cor preta. Embora na maioria das vezes seja possível reativar um pixel preso, um ponto queimado dificilmente será corrigido, pois ele simplesmente pode não estar recebendo energia para funcionar.

Como localizar pixels defeituosos

A maneira mais simples de localizar os pixels defeituosos é procura-los diretamente na tela por pontos com cor única na tela. Para facilitar esse processo, indicamos o site Dead Pixel, que disponibiliza páginas dedicadas especialmente para a detecção de pixels mortos.

como-consertar-pixel-defeituoso-monitor-LCD-3

Para facilitar o processo, linkamos as páginas abaixo para que você possa efetuar o teste. Após abrir o link, pressione F11 para visualizar em tela cheia e cobrir a tela como um todo no teste. Para sair, basta pressionar F11 novamente. Efetue o teste em todos os links abaixo para certificar-se de qual pixel apresenta o defeito. 

Preto & Branco | Branco & Preto | Azul & Amarelo | Amarelo & Azul | Ciano & Vermelho | Vermelho & Ciano | Verde & Magenta Magenta & Verde

Certo. Agora que você identificou o pixel defeituoso, vamos ensiná-lo a como tentar corrigir o problema. Eu disse tentar porque, apesar de em muitos casos os procedimentos funcionarem, não é garantido que o pixel voltará a funcionar. 

Utilizando softwares

Para ajudar na tentativa de recuperação de um pixel emperrado, você pode baixar o software gratuito Undead Pixel. O programa é simples de utilizar, bastando arrastar o pixel piscante para cima do pixel defeituoso e deixá-lo trabalhar por um tempo.  O software faz uma “varredura de cores” no monitor e tenta forçá-lo a trocar de cor enviando diversas solicitações diretamente ao pixel. Em muitos casos, esse procedimento ajuda a “desemperrar” o pixel.

Pressionando o Pixel

Este caso, assemelha-se a velha “ batida na lateral de televisores antigos”. Existem vários relatos em que os pixels voltaram a funcionar após serem pressionados. Porém tome cuidado ao fazê-lo. Utilize um objeto que não danificará a tela (a ponta de um lápis borracha,  uma tampa de caneta) e procure proteger a tela utilizando um pano de micro-fibra, afim de evitar possíveis riscos. Não aplique muita pressão e não utilize objetos afiados ou pontiagudos, ou você pode acabar com um problema maior do que um simples pixel emperrado.

Garantia de fábrica

A maior parte dos fabricantes de tela só considera um defeito efetivamente uma tela que tenho ao menos 5 ou mais pixels emperrados ou queimados para efeitos de garantia. Alguns fabricantes podem substituir um monitor que tenha apenas um ponto defeituoso, mas a maioria vai exigir um número mínimo de pixels defeituosos antes de oferecer o serviço de garantia. Consulte o termo de garantia de seu notebook ou monitor para maiores informações.

 

 

Tela notebook quebrada/com problema. O que faço?

“Ops, minha tela notebook quebrou (ou vazou, riscou, caiu, escureceu, trincou, enfim, estragou)”. Essa afirmação é mais comum do que se imagina. 

Imagem

Depois de problemas relacionados ao HD e ao acúmulo de sujeira nos componentes, problemas com a tela notebook são os mais comuns entre as reclamações dos usuários de computadores portáteis. Os defeitos podem ser os mais variados, desde problemas físicos causados por uma queda ou descuido na hora de fechar a tampa da tela notebook (boa parte das telas notebook são quebradas ao fechar a tampa com algum objeto sobre o notebook, como uma chave por exemplo), até problemas de componentes de hardware, como o inverter por exemplo.

Mas como identificar o problema com precisão e definir qual a melhor solução para sua tela notebook quebrada?

Reunimos neste artigo, os defeitos mais comuns ocorridos na tela notebook. Em todos estes casos, a substituição da tela notebook se faz necessária (exceto no caso do problema estar relacionado ao inverter). Se o seu notebook está apresentando um destes casos, siga os próximos passos para saber como proceder para a substituição da mesma.

Identificando a tela notebook para substituição correta

Agora que você já identificou o problema apresentado pela tela notebook e já sabe que a substituição será necessária, o primeiro passo é identificar o modelo de seu notebook para saber exatamente qual o tipo de tela notebook você deverá adquirir.

Alguns notebooks podem ter em sua fabricação mais de um modelo de tela utilizada, (como no caso do Dell M1330, pode utilizar iluminação por CCFL ou LED).  Por isso, para ficar 100% seguro sobre o modelo a ser adquirido, a melhor maneira de confirmar qual tela é utilizada em seu notebook, é através da etiqueta fixada no verso da tela.  Para tal, é necessário desmontar parte do notebook (desmontagem simples) e verificar a etiqueta no verso da mesma. Veja neste vídeo tutorial como retirar a moldura e a tampa da tela, e efetuar a troca posteriormente. Reunimos neste outro artigo, informações que lhe ajudarão a confirmar o part-number de sua tela notebook original.

Uma vez identificado o part-number da tela, basta fazer a aquisição da mesma. Para isso, acesse nosso site, e digite no campo de busca o part-number identificado.  Caso tenha alguma dificuldade para efetuar a compra, criamos este tutorial que irá auxiliá-lo passo a passo.

Caso ainda encontre alguma dificuldade para identificar ou efetuar a substituição da tela, entre em contato conosco e teremos prazer em auxiliá-lo.

Tela de notebook espelhada (glossy) ou tela de notebook fosca (matte)? Qual a melhor opção?

Uma dúvida muito comum na hora de adquirir um notebook ou substituir uma tela do notebook com defeito ou avaria é a questão da superfície da tela. 

Atualmente temos dois tipos de tela no mercado, telas foscas e espelhada. 

Ok. Mas qual dessas telas é melhor?

A ELGScreen foi atrás de dados técnicos para informar aos nossos clientes, qual o caminho mais adequado para efetuar esta escolha. Confira as dicas que elaboramos para definir qual dessa é a melhor opção para o seu uso clicando aqui.

Imagem

 

De Laptop para Notebook


Laptop ou Notebook. Qual a origem dos notebooks? Lançado em 1989, o Nec Ultralite foi o primeiro computador portátil nesse formato que conhecemos hoje. Até então, os laptops eram bem maiores, mais pesados, e possuiam uma tela pequena, vindo geralmente em gabinetes brancos com alça. A revolução que o Ultralite causou foi tão grande, que foi criada uma nova denominação para esse tipo de aparelho: NOTEBOOK. Depois dele, todos os outros fabricantes adotaram design similar. Fonte: casadonotebook.com.br

A Evolução Dos Monitores LCD

Quem ai se lembra dos antigos monitores de CRT? Aqueles que nos davam resolução maxima de 1024×768 ,que pesavam mais de 10kg, que ocupavam muito espaço em cima da mesa, 14″ 15″ 17″ polegadas no máximo cabo vga (analógico) preso nele mesmo usavamos até filtro contra estatica.

Todos sabem que na era da tecnologia sempre temos algo novo, dormimos e acordamos e já tem um melhor, quem imaginava usar um monitor lcd com altíssimas resoluções chegando até FULLHD, as variações são diversas; tem os primeiros em formato 4:3, os que são widescreen 16:9 /16:10 ai começaram a sair os modelos com a entrada dvi(digital) podendo obter a melhor resolução e em determinados modelos o menor tempo de resposta e atualização de quadros por segundo (hz).

Hoje temos modelo com atualização de 120hz que em conjunto com o óculos 3d e placa de vídeo compatível pode fazer qualquer jogo ter a profundidade do efeito 3D.

Leia mais em: http://www.gamevicio.com/i/noticias/37/37161-a-evolucao-dos-monitores/index.html

Conteúdo baseado: http://www.gamevicio.com/