Dicas para melhorar a autonomia da bateria de seu iPhone no iOS7 (e quem as passou foi um ex-funcionário da Apple!)

Artigos de como melhorar a bateria do iPhone são bem comuns e muito procurados por usuários do iOS e enquanto não lançam uma bateria melhor, este sempre será um problema. Mas um ex-funcionário que trabalhava no Genius Bar da Apple Store fez uma lista de algumas dicas diferentes para evitar o consumo excessivo da bateria no iOS 7.

Antes de tudo, é importante tomar cuidado com “o que é gastar muita bateria”. Há usuários que reclamam dela toda vez que o sistema é atualizado, mesmo antes de dar tempo de fazer testes concretos que permitam chegar a uma conclusão definitiva. Por isso, o ideal é primeiro constatar se há algum problema real realizando um pequeno teste.

1. Testando o consumo da bateria

Você pode perceber rapidamente se possui algum problema com a bateria ao realizar um pequeno teste. Vá em Ajustes > Geral > Uso e confira seu tempo desde a última recarga. Ele é dividido em Uso e Em Espera, que é o tempo que o aparelho foi usado ou deixado no repouso. Pela lógica o tempo Em Espera deve ser muito maior que aquele em Uso, a não ser que você tenha usado o aparelho todo o tempo desde que o desconectou do cabo. Se depois de um tempo sem carregar a bateria, os números forem muito próximos entre Uso e Em Repouso, você tem um real problema de consumo de bateria.

Uso da Bateria

O teste consiste no seguinte: zere estes dados conectando o cabo USB no aparelho e carregando-o completamente. Então desconecte o cabo e deixe o aparelho em repouso, com a tela desligada por exatamente 5 minutos. Depois disso, desbloqueie a tela e volte para os Ajustes > Geral > Uso e confira os tempos registrados. Pela lógica, o correto é marcar 5 minutos em repouso e 0 minutos em uso. Se o tempo de uso estiver marcando mais do que isso, você está com algum problema no consumo da bateria.

Teste de Bateria

2. Configurando os ajustes do Facebook

Muita gente não percebe, mas um grande vilão do consumo rápido de bateria é o aplicativo do Facebook, cujo desenvolvimento nem sempre é feito com o cuidado na otimização do consumo. Uma dica é desligar o serviço de localização e a atualização em 2º plano do Facebook. Para isso, faça o seguinte:

  • Vá em Ajustes > Privacidade > Serv. Localização e desligue o Facebook.
  • Vá em Ajustes > Geral > Atualização em 2º Plano e desligue o Facebook.

Muitos já conseguem, só com isso, melhorar muito o consumo de bateria. Em alguns casos, a porcentagem da bateria aumenta imediatamente ao desligar estes ajustes.

3. Desabilite a atualização em 2º plano de aplicativos que você não usa

A Atualização em 2º Plano é uma novidade bem legal do iOS 7, mas não precisa estar ativa em todos os aplicativos. Você pode deixar naqueles que você usa e desligar a função naqueles que você não quer que sejam atualizados a todo o momento. Vá no mesmo lugar que você foi antes,Ajustes > Geral > Atualização em 2º Plano, e desligue aqueles apps que você não se importa muito.

4. Pare de fechar os aplicativos na multitarefa

Há um mito da multitarefa: quanto mais aplicativos estiverem abertos ao mesmo tempo no sistema, mais bateria é consumida. Isto é bem verdade em outros sistemas, como o Android, mas no iOS o gerenciamento da multitarefa é diferente. Os aplicativos ficam em um estado “congelado” quando em segundo plano, o que reduz muito o consumo de energia.

Por causa deste mito vindo de outros sistemas, muita gente tem o hábito de fechar sempre os aplicativos que não usa, apertando duas vezes o botão Início e deslizando para cima as janelas. Mas a multitarefa do iOS tem outra vantagem pensada pelos engenheiros da Apple: guardar na memória RAM os dados dos aplicativos, acelerando a retomada deles quando se volta a utilizá-los. Se você fechar completamente um aplicativo que for usar daqui pouco tempo, isso fará com que ele tenha que ser todo recarregado, o que consome mais processamento e, consequentemente, mais energia. Por isso, só feche os apps que você realmente não irá mais usar naquele período, para não fazer o processador trabalhar dobrado.

Mas preste atenção: todo o aplicativo “aberto” em 2º plano continua ocupando memória RAM, mesmo não consumindo tanta bateria. Portanto, a dica é não fechar aqueles aplicativos que vocêvoltará a usar depois de pouco tempo. Em contrapartida, aqueles que você não for usar mais naquele dia (um navegador GPS, por exemplo), pode ser fechado, para não ficar ocupando desnecessariamente memória RAM, que é usada por outros aplicativos.

5. Desabilite as notificações que incomodam você

Outra forma de poupar sua bateria é desabilitar as notificações de aplicativos que não são tão úteis. Vá em Ajustes > Central de Notificações e desligue o que você não precisa.


Se você é daqueles que acha que sua bateria está se consumindo muito rápido desde a última atualização, faça estes ajustes e depois nos conte se resolveram.

 

Via: Blog do Iphone

Dicas de como preservar melhor a bateria do Notebook

Baterias de notebook podem tornar-se um problema quando passam a perder rapidamente sua carga. Porém existem algumas ações que podem ajudar a conservar e prolongar o tempo de vida útil das baterias de notebook.  Compilamos na internet algumas das dicas. Lembrando que cada marca e configuração pode trabalhar com tipos diferentes de bateria, portanto atente-se a marca e propriedades de sua bateria, bem como as recomendações do fabricante antes de utilizar qualquer uma das dicas. Vamos lá:

 
  • 1 – As primeiras cargas precisam ser feitas completamente: seguindo-se as recomendações do fabricante quanto ao número de vezes e horas necessárias (ler no manual do fabricante), mas geralmente são 3 primeiros ciclos de carga e descarga de 8 a 12 horas cada. Depois destes 3 primeiros ciclos, o normal é fazer um ciclo a cada mês para calibrar a bateria, mas cheque novamente o manual do fabricante para saber se é estabelecido um prazo ou forma diferente.
  • 2 – Não use o notebook até a bateria se esgotar: exceto na dica 1 acima e quando a bateria não está mais segurando carga, quando pode-se tentar descarregá-la até o fim e carregá-la totalmente duas vezes para tentar recupera-la. Em uso normal, nunca deixe descarregar abaixo de 10%. Como as baterias de Li-Ion não sofrem de efeito memória não é necessário que elas sejam descarregadas totalmente. Você pode começar a carregar a bateria memsmo se a carga estiver em 80%, 50%, 25%, etc    
  • 3 – Ligado direto na tomada. Com ou sem a bateria acoplada?
a – Com a bateria acoplada: Geralmente os notebooks mais novos possuem um sistema que quando a bateria está carregada 100% passa a utilizar a energia direto da eletricidade e não da bateria. Assim você pode economizar cargas repetidas da bateria.
 
b – Sem a bateria acoplada: Neste caso observe algumas recomendações: Efetue o carregamento da bateria até 60% da carga antes de retira-la, retire a bateria com o notebook desligado, fechado e fora da tomada. Guarde a bateria em lugar não muito frio ou quente, embalada para evitar poeira nos seus contatos e evite deixa-la sem uso por mais de 15 dias. A possível vantagem é que pode-se poupar a vida útil da mesma, desde que esteja seguindo as indicações acima. A bateria tem ciclos de carga que variam de 500 a 800 cargas de vida útil. E a grande desvantagem é que a bateria funciona como um No Break do notebook protegendo de qualquer queda ou oscilação de energia. Esquecer de carregar ou utilizar a bateria também é um risco se deixar ela parada por muito tempo vai acabar prejudicando sua vida útil.
 
  • 4 – Evite temperatura alta:  não use seu notebook em lugares quentes como em cima da cama,  ou em superfícies que impeçam sua ventilação. 
  • 5 – Evite descargas rápidas – Isso diminui a durabilidade da bateria, por isso evite gravar DVDs no notebook usando a carga das baterias.
  • 6 – As baterias não duram para sempre – Segundo o Clube do Hardware, a vida útil de uma bateria de notebook varia de 500 a 800 ciclos de carga/descarga e tempo médio de vida, com uso racional, entre 2 e 3 anos. Quem usa muito a bateria ela pode não passar de 01 ano (o que não era absolutamente o meu caso).
  • 7 – Sem energia tire o cabo – Se faltar energia por mais de 1 minuto retire o cabo de força do notebook. 

Uma outra estrategia de uso das baterias foi retirada do site http://guanabara.info.

  1. Gaste primeiro a bateria até chegar 1%. 
  2. Carregue a bateria completamente. 
  3. Use a bateria do notebook até chegar uns 40% sobrando de carga. 
  4. Retire a bateria do notebook e guarde na pasta com esta carga. 
  5. Vá usando o laptop apenas no carregador durante a semana. 
  6. Após uma semana, coloque a bateria e use o restante da carga. 
  7. Depois que gastar o restante até 1%, carregue completamente. 
  8. Novamente use até a bateria atingir 40% e guarde na pasta. E volte a usar na tomada. 
  9. Vai repetindo o processo de semana em semana. 
  10. Ao final de 1 ano, sua bateria deverá ter completado apenas uns 36 ciclos de carga/descarga. Somando aí os trabalhos externos com o note, você estará consumindo mais ou menos uns 200 ciclos de carga/descarga em 1 ano.

Se você tem alguma informação diferente dessas que foram colhidas em várias fontes pela WEB compartilhe aqui. 

 

Fonte: http://tipsplustips.blogspot.com.br/